Google+ Ministério Público abre inquérito sobre 'sexualização' de funkeira de 8 anos | RECOPIA Seu Canal fora do Youtube

domingo, 26 de abril de 2015

Ministério Público abre inquérito sobre 'sexualização' de funkeira de 8 anos


Uma menina de oito anos está sendo alvo de uma grande polêmica em todo o Brasil após aparecer, apoiada pelo pai, dançando e cantando funk de forma sensual. Estamos falando de Melody Abreu, ou MC Melody, como ficou popularmente conhecida. Sua fan page no Facebook já ultrapassou 310 mil seguidores e ela chega a ganhar R$ 40 mil em um mês participando de eventos e festas. 

No entanto, Melody poderá ter que deixar de se apresentar, ou ao menos mudar o seu estilo, pois nesta quinta-feira (23) o Ministério Público de São Paulo abriu um inquérito para investigação sobre "forte conteúdo erótico e de apelas sexuais" em músicas e coreografias de crianças e adolescentes músicos e a funkeira mirim é um dos alvos da investigação.


O caso

Tudo começou quando o pai de Melody, conhecido como MC Belinho, foi flagrado em um de seus shows fazendo com que ela dançasse passos como o "quadradinho" em meio a apresentação. O apelo sexual das performances, bem como as músicas que a menina passou a cantar, como "Recado para as recalcadas", chamou a atenção da população na internet. População essa que passou a dirigir fortes críticas a Belinho no intuito de fazer com que a garota passasse a exercer atividades comuns de crianças.


Ao tomar conhecimento da proporção que o assunto tomou, MC Belinho gravou um vídeo (assista abaixo) onde rebate as declarações negativas ao seu respeito e chega a falar que os críticos são "recalcados" por não terem condições de obter, por exemplo, um cordão de ouro de R$ 25 mil, que ele exibe no pescoço durante a produção.


O vídeo gerou ainda mais revolta na rede e muitas denúncias foram feitas para que as autoridades retirassem a guarda de Melody do pai. Um abaixo assinado, por exemplo, alcançou mais de 23 mil assinaturas em quatro dias e a menina chegou a ter seu perfil oficial retirado do Facebook por aparecer em fotos com roupas curtas e decotadas, dançando em bailes e vídeos caseiros. Diante disso, o inquérito aberto pelo promotor Eduardo Dias de Souza Ferreira pede a avaliação legal sobre a exposição dos funkeiros mirins.
Arrependimento

Alguns dias depois, o pai de Melody, MC Belinho, voltou aparecer em um vídeo, mas dessa vez pedindo desculpas por tudo o que havia falado e feito, mas reiterando que quer o melhor para a menina. Segundo ele, o vídeo onde a filha aparece dançando foi gravado de forma amadora por algum participante de uma "domingueira" onde ele foi tocar.
"Tem mais ou menos dois a três anos. Foi na época que estava estourado aquele negócio do quadradinho. Muita criança dançava. Todo adolescente queria dançar. Eu fui fazer uma domingueira em uma casa, umas 18h, levei ela, a avó e praticamente a família toda. Era justamente uma festa para menores de idade. 

Mas no calor da coisa, ela acabou dançando. A gente levou na brincadeira, mas hoje vejo que vocês tem um pouco de razão em pensar o que estão pensando. Eu realmente agi errado e estou aqui para falar que agi errado e penso também que todo mundo tem o direito de errar. Se fosse para fazer hoje, eu não faria, porque o meu segmento hoje é de fazer com que ela seja uma artista diferenciada", disse ele.


Em entrevista à TV Record, Belinho disse que não viu maldade no que fez com a filha e que já está mudando o jeito de produzi-la. "Logicamente, a gente hoje está procurando saber mais das coisas, ver por outro lado. 

 Para as pessoas que não conhecem a nossa vida, que acha que a gente está explorando, ou está colocando a criança no mau caminho. Tudo bem, a gente entende o lado de quem, de repente, não gosta de funk. Por isso mesmo estamos agora mudando o jeito de produzir os vídeos, de colocar para ela cantar...", assegurou.
Vida que segue
Enquanto isso, MC Melody segue cantando suas letras e dançando o seu ritmo favorito e o caso permanece na mão da Justiça. "Aconteceu. Não tem como mudar. Mas só quem pode julgar é Deus. Não faria de novo, mas agora não tem mais o que fazer. Já aconteceu lá atrás e agora a gente está direcionando a carreira dela para aonde a gente realmente quer chegar, que é um funk mais pop", disse MC Belinho.





0 Comentários
Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...