Google+ RECOPIA Seu Canal fora do Youtube: Gatos
Mostrando postagens com marcador Gatos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gatos. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Porque seu gato te lambe?


Gatos lambem para construir laços!!!

Desde pequenos os gatos são acostumados com lambidas, já que ainda filhotes dão lambidos pela mãe, sendo assim, eles começam a explorar o mundo através da sua língua e a higiene das lambidas é interpretada por eles como um sinal de carinho e proteção.

Ao lamber o tutor, o gato envia sinais de que está aceitando a relação e que o tutor pode interagir socialmente com ele, assim como ele também faz com outros animais.

As vezes o gosto do tutor é muito bom:

Gatos gostam de comidas salgadas e são atraídos pelo suor do tutor, além do suor, loções hidratantes e sabonetes também atraem lambidas, isso pode explicar por que vários gatos lambem seus tutores logo após o banho, eles adoram cheiro bom.

Em alguns casos eles também lambem para dizer "você é meu", marcar território com xixi não é o único jeito de o gato mostrar o que pertence a ele, muitos fazem isso com lambidas, já que a saliva dos gatos possui partículas de odor.

Em vários casos esse tipo de comportamento é aprendido com a mãe, que lambe os filhotes toda vez que ela os vê, para deixar o cheiro dela neles.

É possível que esse comportamento se torne compulsivo, principalmente em casos que o gato se recusa a parar e não se distrai com as coisas, nos casos em que o gato adquire o comportamento de lamber os seus tutores excessivamente, ele pode estar sinalizando alguma mudança em sua saúde. Por esse motivo é importante encaminhá-lo a um veterinário.

Quando o gato te lambe e pede carinho, ele está dizendo "eu te amo".

Na maioria das vezes o gato lambe seus tutores para demonstrar o quão portegido e confortável ele se sente com sua presença, nesse caso, ele conecta o banho de língua no tutor com os banhos de proteção que ganhava de sua mãe quando filhote, já que manter a higiene por lambidas é a maior demonstração de carinho dos felinos.

Pode ser estresse:

Em casos extremos de ansiedade, os gatos lambem seus tutores para confortar-se do estresse que sentem, ele também podem lamber com frequência alguns objetos, nesse casos eles não o fazem para mostrar afeto e sim para se acalmarem.

Como fazer o gato parar de lamber?

Procure chamar a atenção do gato para algum brinquedo quando ele for te lamber, brinquedos com catnip costumam ajudar, quando ele brincar ofereça petiscos ou carinho a ele. Porém, quando ele te lamber, simplesmente o ignore, logo ele buscará outras formas de te pedir e demonstrar carinho.

Treinar um gato não é tarefa fácil, mas com paciência, é possível. Nunca bata em um animal ou empurre-o quando ele te lamber, além de não ajudar ainda pode estressá-lo, e seria muito ruim recusar um carinho com pancadas.














Fonte: www.jornaldopet.com
Imagem: www.blogcariri.com.br

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Spock e Gatos


É logicante impossível não amar gatos

Vida Longa e Próspera

Para todos os gatos do universo




segunda-feira, 31 de julho de 2017

Conheça Quenda, a gatinha com longas patas que viralizou na internet


Gatos definitivamente são um dos maiores sucessos na internet e uma simpática gatinha acaba de se tornar a última sensação felina online. Quenda viralizou após um abrigo de animais na Austrália oferecê-la para adoção e suas longas patas deixaram os internautas enlouquecidos.

A página conta que Quenda foi encontrada no início do ano e mesmo com a pouca idade, cerca de dois anos, ela já estava esperando filhotes. Como não havia nenhuma identificação, como coleita ou chip, o Cat Haven WA a resgatou e tentou encontrar um novo lar para a gatinha.

Mas foi no Reddit que Quenda ficou ainda mais famosa, quando um dos usuários compartilhou sua foto chamando a atenção para suas patas. Logo surgiram diversos comentários divertidos. “A Gata, por Salvador Dalí”, dizia um deles. Após tantos compartilhamentos, Quenda finalmente encontrou uma casa para viver e agora já pode desfilar como uma supermodelo com a família que a adotou.





Reprodução/Facebook Cat Haven WA

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Nossa reação para as INoperadoras que querem cortar nosso barato que já é muito caro


#INTERNETLIVRE

Coisas eu vou cancelar essa merda de NET assim que me derem um block ou melhor coloco um aparelho e libero todos os canais em HD e não vou pagar








segunda-feira, 11 de abril de 2016

Gato abandonado espera por donos no mesmo lugar há um ano

Gato abandonado na Rússia (foto Ostap Zadunayskiy) 

Um gato permanece há um ano no local onde foi abandonado pelos donos, concretamente sobre uma tampa de esgoto na cidade de Belgorod, no sudoeste da Rússia.

Fotografado pela primeira vez em 2015, despertou agora o interesse das redes sociais, depois de o utilizador Ostap Zadunayskiy ter divulgado o caso.

O felino nem sempre ali está, mas todos os dias regressa àquele local.

Ostap Zadunayskiy levou o interesse pelo caso mais longe e disse ter descoberto que os donos do gato viviam perto, mas que venderam o apartamento. Segundo o próprio, locais contaram-lhe que viram o gato a correr atrás do carro dos donos, mas que estes não hesitaram nem por um segundo.


“Este é um grande exemplo da maldade humana e da lealdade dos animais”, disse Ostap Zadunayskiy, citado pelo Daily Mail.

Nem todos acreditam, porém, que ele aguarda a chegada dos donos, pois, para muitos, ele deixou-se ali ficar porque lhe dão comida.





domingo, 24 de maio de 2015

Gato australiano de 9 quilos é considerado o maior do mundo






Com três vezes o tamanho de um gato normal, muitos devem achar que Rupert já cresceu tudo o que podia.

Mas o felino gigante, que pesa 9 quilos e pode ser considerado o maior do mundo, ainda com três anos, na metade de sua fase de crescimento e deve ganhar mais uns 5 quilos.

Eleito por três vezes o gato do ano na Austrália, onde vive, Rupert é considerado o maior gato da raça maine coon já visto pelos juízes das competições.

– Ele é majestoso, com seu pelo grande e seu magnífico olhar selvagem – derrete-se a dona de Rupert, Kyra Foster





sábado, 21 de março de 2015

Gato hermafrodita espera por cirurgia de mudança de sexo para se tornar um macho



Gato Mittens, um felino hermafrodita, espera por cirurgia de mudança de sexo para conseguir se tornar um macho e vencer problemas intestinais e urinários.

Mittens, um gato de rua que nasceu com genitália masculina e feminina, vai se submeter à cirurgia de mudança de sexo depois de ter sido acolhido por uma família carinhosa.

A família Murphy descobriu a dupla-sexualidade de seu animal de estimação recém-encontrado após leva-lo a um veterinário local para um exame.

A cirurgia é necessária para o gato, porque a genitália dupla está causando problemas intestinais e urinários.

Colleen Clarke-Murphy, o novo proprietário do gato, esperava que Mittens se tornasse uma fêmea, mas os veterinários aconselharam-no a atribuir o sexo masculino para o gato.

Clarke-Murphy, de Newfoundland, no Canadá, disse: “Eu gostaria que fosse uma fêmea, mas isso realmente não importa. Ela se tornou parte da minha família quando chegou em casa com a minha filha.”

O gato vai ser esterilizado e castrado antes da cirurgia reconstrutiva ser realizada.

Os 3.100 reais necessários para a cirurgia serão dados por um amigo da família, que está leiloando itens antigos no Facebook para levantar o valor.





sexta-feira, 20 de março de 2015

Gato de catedral é suspeito de atacar cães na Inglaterra

O gato chamado Louis, de 17 anos, é suspeito de atacar cães em Wells, Somerset, na Inglaterra. O felino, que é famoso por viver na Catedral local, foi acusado de uma série de ataques contra cachorros.

Dona de um dos cães que teriam sido atacados pelo felino, Mandie Stone-Outten disse que sua cadela Millie foi atacada perto da catedral. "Este gato atacou como um leão selvagem a cabeça da minha cadela Millie", afirmou ela. 

Louis, de 17 anos, é suspeito de atacar cães em Wells (Foto: Wells Cathedral) 

Segundo Mandie, tudo aconteceu muito rapidamente. "Essa bola de pelos não é tão bonitinho e fofinho como parece", destacou ela, acrescentando que recebeu relatos de outras pessoas que tiveram seus cães atacados por Louis.

sexta-feira, 6 de março de 2015

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Gato de 29 anos pode ser o mais velho do planeta



Missan vive com a dona, Åsa Wickberg, em uma fazenda de Karlskoga (Suécia). Em 1985 o bichano foi encontrado abandonado por ela. Perto de completar 30 anos, Missan pode ser reconhecido pelo Guinness como o mais velho do mundo.

Atualmente, o livro dos recordes registra que o título de mais velho pertence a Poppy, um gato britânico de 24 anos. O felino morreu em junho do ano passado.

"Li uma reportagem sobre o gato que seria o mais velho do mundo e pensei comigo mesma: O meu é mais velho!", contou a sueca às agência de notícias TT.

Em "anos humanos", Missan teria cerca de 133 anos.





Fonte: 

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Dialogo entre eu e minha gata

Minha gatinha linda preciso de uma namorada, é chato viver sozinho!!!!!!!!!!


- humano idiota eu já te tenho, e isso já basta você deveria estar feliz, alias odeio roedores, gatas, galinhas, piranhas entendeu????

Já tirou essa ideia da cabeça??? namorada pra que??? vou dormir idiota





terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Dona do Grumpy Cat ganha 64 milhões de libras

Foto: East News/Media Punch  Foto de arquivo. Grumpy Cat


A residente dos Estados Unidos, Tabatha Bundesen, de 28 anos de idade, ganhou 64 milhões de libras (cerca de 100 milhões de dólares), publicando as imagem da sua gata, famosa na Internet sob o nome de Grumpy Cat (gato zangado, em português), relata o jornal Daily Express.

O Grumpy Cat, que se tornou conhecido pela sua expressão zangada, foi filmado várias vezes em vídeos de publicidade, foram lançados diversos artigos com a imagem do animal de estimação. Além disso, o gato zangado desempenhou papel principal no seu próprio filme "Grumpy Cat's Worst Christmas Ever" ("O Pior Natal de Grumpy Cat", na tradução literal).

"O que ela (Grumpy Cat – red.) alcançou em tão pouco tempo é simplesmente inimaginável e absolutamente louco. Consegui deixar o meu trabalho, eu trabalhava como garçonete, alguns dias após ela ter aparecido nas redes sociais, desde então, o meu telefone simplesmente não para de tocar", disse Bundesen que mora na cidade norte-americana de Morristown, Arizona.




sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

5 Curiosidades sobre os gatos


Independentes, carinhosos, limpos, bem menos barulhentos do que os cães e tão companheiros quanto, os gatos são ótimos animais de estimação, apesar de muita gente pensar ao contrário e ainda prosseguir com preconceitos que remontam à Idade Média, quando os bichinhos eram tidos como malignos. 

Se deixar essa superstição ridícula de lado, muitos seres humanos podem conseguir benefícios até para a saúde, graças à convivência com um felino. Pesquisas já revelaram que donos de gatos têm, em média, 40% menos chance de sofrerem ataques cardíacos fatais. Isto porque os bichanos ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade. 

E aí, ficou com vontade de ter um gatinho em casa? Então separamos cinco dicas para você começar essa amizade com o pé direito:

1 – O gato está dormindo demais? Não se preocupe: ele passa dois terços do dia tirando uma soneca. Em 24 horas, ele pode chegar a dormir 16 horas;

2 – Para o gato, seres humanos são como parceiros de convívio, e não há diferença entre você e outro gato;
3 – Um gato pode viver em média 12 anos. Assim como nós, isso vai depender do estilo de vida. Um felino criado dentro de casa facilmente chega os 18 anos de idade. Já os que vivem na rua só resistem a oito anos, em média;
4 – Eles não precisam de atenção integral, nem de grandes espaços para viver. No aconchego do seu apartamento de 50 metros quadrados, dá para criar um gato numa boa, sem medo de ter que dar muita atenção à companhia. Sim, os bichinhos se contentam em apenas ficar ao seu lado, enquanto você corta as verduras, lava os pratos ou coloca as roupas na máquina de lavar;
5 -Você pode até quebrar a cabeça pensando em um nome legal para o seu gatinho. Mas saiba que gatos não atendem pelo nome como os cães, nem obedecem ordens. Para conseguir que o gato faça o que você quer, é preciso usar outros artifícios, como atrai-lo através de um brinquedo ou da comida, ou ainda espantar o bichinho com um pouquinho de água, já que gatos são naturalmente hidrofóbicos.





Fonte: http://portaltagit.ne10.uol.com.br

sábado, 15 de novembro de 2014

Se a caixa é pequena

Maru encontra um assento de plástico

Gatos sempre dão um jeito de entrar para dormir

Minha gatinha linda fez isso em cima da caixa da minha chuteira da Penalty





terça-feira, 30 de setembro de 2014

Tinha que ser na Russia - Dia do Tigre foi comemorado em Vladivostok

Foto: AP/DOMINIC FAVRE

O Dia do Tigre acaba de ser celebrado em grande escala em Vladivostok. Não apenas habitantes da cidade participaram da festa, assinalada tradicionalmente no quarto domingo de setembro. A Irmandade dos Felinos nos festejos foi representada por investigadores do parque nacional Terra do Leopardo, em que vivem lado ao lado dois felinos raros – o tigre do Amur e o leopardo do Extremo Oriente.

Este domingo, o Dia do Tigre em Vladivostok foi celebrado pela 15 vez consecutiva. Na véspera, os habitantes da cidade foram congratulados pelo presidente Vladimir Putin que destacara que “esta é uma festa ecológica mais brilhante da Rússia”.

O tigre do Amur é um símbolo da região do Primorie e de sua capital, Vladivostok. O maior felino do planeta, cuja área da habitação se estende a todo o território da região, tornou-se uma parte inalienável da cultura local desde o momento do aproveitamento dessas terras por descobridores. As armas da região do Primorie têm a imagem do tigre, esculturas do “dono da taiga” podem ser vistas em toda a cidade de Vladivostok, numerosos focinhos da bicha adornam emblemas de clubes esportivos e carroçarias de automóveis.

A primeira festa dedicada ao totem local decorreu em Vladivostok em 2000. Naquela altura, o Dia do Tigre foi organizado com a ajuda de entusiastas e fundos de preservação da natureza. Mas já dentro de um ano, ao acontecimento foi atribuído o estatuto de festa municipal. A marcha carnavalesca pela cidade ganhou envergadura e caráter organizativo. Crescia também o número de participantes da festa, que para 2014 alcançou 10 mil pessoas.

Vladivostok adquiriu de fato um colorido de tigre: a coluna alegre de milhares de pessoas em trajes de gigante raiado e caras pintadas à tigre percorreu a avenida Okeansky. Uma exposição da Terra do Leopardo foi aberta ao público desde as primeiras horas da manha até ao princípio da noite na praça central de Vladivostok. Cientistas do parque nacional participam nas festas tigrinas desde a sua fundação, em 2012. O território protegido do parque está habitado por um pouco mais de 20 raras feras raiadas que coexistem bem com outro animal incluído no Livro Vermelho – o leopardo do Extremo Oriente.

Além disso, aqui sentem-se bem felinos mais pequenos – linces e gatos da floresta do Extremo Oriente, por isso o lema Irmandade dos Felinos da Terra do Leopardo, com que este ano os investigadores do parque nacional participaram da festa, é justificado, considera a vice-diretora do parque, Elena Salmanova:

“O fato de no nosso território coexistirem dois grandes felinos e ter sido registrado pela primeira vez o lince, que até recentemente não foi caraterístico para o parque nacional da Terra do Leopardo, diz que todos os habitantes têm comida suficiente. Por isso, apareceu o novo lema do parque nacional – a Irmandade dos Felinos, ou seja a preservação de todos os felinos do parque ao mesmo tempo”.

Em nome dessa irmandade, os investigadores da Terra do Leopardo propuseram na sua exposição que os visitantes diluíssem um pouco o tema do tigre transformando-se por um tempo em leopardos, pintando respectivamente suas caras. À margem da exposição foi aberta uma seção de diversão Caça Fotográfica, onde cada um poderia sentir-se uma ferra selvagem, sendo apanhado por uma armadilha fotográfica. Mais de uma centena de tais câmaras camufladas está instalada na floresta do Primorie para monitorizar animais.

Voluntários prepararam um concurso para aqueles que queriam conferir seus conhecimentos sobre os felinos mais raros do Primorie. Os participantes do concurso receberam pelas respostas corretas imãs de geladeira, calendários, etiquetas, lenços decorativos e outras lembranças da festa. Contudo, uma boa disposição e a sensação de unidade na salvação de felinos raros foram os melhores presentes e não os prêmios do Dia do Tigre.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Pense e Reflita - Surpresa - Hilda Torres


"Quem quer surpreender acaba surpreendido"

Fato que ocorreu nessa quinta, tentei surpreender minha gata, acabei surpreendido pelo filho do dono da loja

Fiquei com essa cara 

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Gata mais velha do mundo tem 24 anos e gosta de KFC e kebab






Felino foi reconhecido pelo Guinness World Records nesta semana.

Poppy, uma gatinha britânica de 24 anos, é o gato mais velho do mundo. O Guinness World Records, o livro dos recordes, reconheceu oficialmente o título dela nesta semana, após a morte de Pinky, um gato norte-americano que morreu no último ano, aos 23 anos.

Poppy teve dois donos anteriores antes de ser adotada por Marguerite Corner, aos cinco anos de idade. De acordo com a dona de Poppy, apesar de a gata estar cega e surda, ela ainda se sente a dona da casa e morde a orelha dos gatos que ousam chegar perto de sua comida.

"As pessoas me perguntam sobre o que a tornou tão longeva. Eu acho que foi a boa dieta e muito exercício. Ela se mantém saudável andando bastante, ela come bastante também. Ela come biscoitos de manhã e comida enlatada depois", diz Margerite.

"Às vezes, nós damos a ela um pouco de frango [da rede de fast-food] KFC, peixe frito com batatas fritas ou até um pouco de carne de kebab", acrescentou.

O gato mais longevo de que se tem registro no mundo foi um felino chamado Creme Puff, que viveu 38 anos e 3 dias, entre 1967 e 2005.







sexta-feira, 9 de maio de 2014

Gatos provando seu poder


Se existir reencarnação eu quero ser um gato, na boa, não tem vida melhor do que ser um felino, que é bonito, e só come e dorme




domingo, 4 de maio de 2014

Gato em apartamento: saiba quais cuidados ter com seu pet


Independentes e adaptáveis a quase qualquer tipo de ambiente, os gatos são ótimos animais de estimação para quem vive em apartamentos. Pequenos, silenciosos e higiênicos por natureza, os felinos também podem ser muito companheiros e apegados aos seus donos, rebatendo diferentes mitos que citam os gatos como animais extremamente solitários e até traiçoeiros.

No entanto, é preciso se atentar a uma série de cuidados quando se leva um felino para casa; já que o mesmo espírito aventureiro que cativa muitos pode ser a causa de acidentes dos mais diversos na vida de um bichano. Confira a seguir uma lista com as medidas necessárias para ter um gato em apartamentos e mantê-lo fora dos mais comuns perigos cotidianos:


Providencie telas de proteção

Janelas e telas de proteção são acessórios fundamentais para quem cria um gato em um apartamento. Ao contrário que diz o ditado, os gatos não têm sete vidas, e deixar janelas abertas pode ser encarado como um convite tentador para uma nova exploração do bichano; podendo causar acidentes graves que podem, inclusive, levar o pet à morte.


Adquira brinquedos e acessórios para felinos

Caçadores por natureza, os gatos que vivem confinados no espaço reduzido de um apartamento podem acabar se tornando obesos em função da falta de atividades físicas em sua vida. Portanto, ter brinquedos e acessórios com os quais o felino possa gastar sua energia e se aliviar (como bolinhas com guizo ou arranhadores, por exemplo) é essencial para que esse tipo de problema não ocorra.


Fique atento às prateleiras

Uma das atividades preferidas dos gatos é subir nos móveis ou em qualquer tipo de local que os seus altos saltos permitam alcançar. Por isso, se houver muitas prateleiras no seu apartamento, o recomendado é que elas permaneçam vazias, evitando que o gato quebre os objetos enquanto anda por lá (sim, ele com certeza vai passear por elas) ou que se machuque com os itens quebrados no chão.

Separe locais específicos para o gato

O sono e, principalmente, a alimentação e as necessidades dos felinos devem ter um lugar certo dentro do apartamento. Portanto, separe um cantinho especial no lar para deixar a caixa de areia e outro onde o gato possa se alimentar. Embora companheiros, os bichanos precisam de espaço próprio para não se tornarem estressados, e reservar locais onde ele seja o ‘dono’ é uma ótima forma de evitar irritações desnecessárias ao animal.


Seja presente na vida do felino

De nada adianta ter um felino em casa se você não puder lhe dar atenção e carinho. E, da mesma forma que é fundamental dar bastante amor ao bichano, também é importante saber lhe impor limites – até por que isso pode ajudar muito a evitar acidentes no dia a dia.

Clique no link e saiba onde encontrar todo tipo de acessórios para pets felinos.



Fonte:’Dr. Fábio Toyota (CRMV – SP 10.687), Médico Veterinário formado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – Unesp e responsável pelo setor de Oncologia Médica e Cirúrgica em Hospital Veterinário de São Paulo. Dr. Toyota é integrante da equipe de veterinários do portal CachorroGato.







segunda-feira, 7 de abril de 2014

Russos preferem gatos a cachorros

Russos preferem gatos a cachorros



Uma pesquisa promovida pelo Centro Levada revelou que 43% dos lares da Rússia possuem gatos como animais de estimação, enquanto apenas 29% têm cachorros.

Os resultados mostraram ainda que a maioria dos russos prefere adotar os felinos de rua ao comprar animais de raça em pet shops e que um entre cada cinco cães criados no país é vira-lata.

O levantamento também descobriu que 6% dos lares russos têm aquários com peixes, 3% criam pássaros e apenas 1% possuem animais exóticos como cobras, crocodilos e macacos.