Google+ RECOPIA Seu Canal fora do Youtube: Gatos
Mostrando postagens com marcador Gatos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gatos. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Ao contrário dos cães, gatos não confiam em seus donos

Tenho a Agata desde 2006 e só agora descubro isso

Você tem a impressão de que seu gato gosta mais do sofá que de você? Más notícias: não é só impressão.

Alice Potter e Daniel Mills, da Universidade de Lincoln, na Inglaterra, confirmaram o que todo mundo já sabe, mas ninguém gosta de admitir: ao contrário dos cães, os gatos não têm uma propensão natural a criar laços fortes com seres humanos.

Para chegar a essa conclusão, eles submeteram os felinos ao teste da situação estranha (em inglês, SST), criado pela psicóloga Mary Ainsworth em 1969. O procedimento, na época, era usado para medir o quanto uma criança considera um determinado adulto um foco de proteção quando ela é exposta a um ambiente desconhecida.

Funciona assim: a criança e o adulto são colocados em uma sala experimental, onde são encenadas várias situações. O responsável pode sair e deixá-la sozinha no lugar. Ele também pode ficar, mas na presença de uma terceira pessoa, que a criança não conhece. E também há uma opção extrema: sair e deixá-la com a pessoa que ela não conhece.

Se a criança for apegada ao seu responsável, acontecerá o óbvio: ela demonstrará mais confiança para explorar a sala na presença do adulto que é familiar, mas ficará receosa se ele estiver ausente – e se esconderá no meio das suas pernas quando o elemento desconhecido der as caras.

Uma versão modificada do teste já foi aplicada aos cães várias vezes, e eles quase sempre agem como as crianças mais apegadas: encaram o dono como um porto seguro quando estão em um lugar desconhecido, na companhia de uma pessoa desconhecida.





Fonte: https://super.abril.com.br     Por Bruno Vaiano

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Bizarro: conheça o gato robô sem cabeça que promete ser o mascote do futuro


Se você ama um bicho de estimação, mas não pode ter um pelas mais diversas razões, a tecnologia sempre está lá para "te dar uma mãozinha" para ter uma experiência semelhante. Já houve gatos em aplicativos como Little Kitten, e para aqueles que possuem um bichano, há também um leitor biométrico para gatos no iPhone.

A novidade dessa vez é o Qoobo, um robô desenvolvido pela japonesa Yukai Engineering Corporation, que é uma companhia de produtos eletrônicos, feito para pessoas que sempre quiseram ter um bicho de estimação, porém não podiam por falta de tempo, alergia etc.

Disponível nas cores cinza e marrom, o Qoobo tem o peso de um gato comum e responde aos carinhos do dono vibrando o corpo e balançando a cauda, além de não existir o perigo de levar um arranhão inesperado do felino. Também não é preciso se preocupar com que o bichano danifique os móveis de sua casa para afiar as unhas, e nem que ele faça suas necessidades em locais inadequados

A ideia da companhia é desenvolver o Qoobo para fins terapêuticos, proporcionando todos os benefícios dos animais de estimação, mas sem os problemas que eles podem acarretar. Ainda em período de testes, o Qoobo deve chegar ao mercado em 2018. 




Fonte: www.tudocelular.com    

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Tim, tim. Um brinde pra mim - Dono de gato é mais inteligente do que o de cão, diz estudo

Mion, meu gato

Cão e gato: é possível que pessoas escolham pet segundo sua própria personalidade, diz pesquisadora

São Paulo - Cientistas da Universidade de Carroll, nos Estados Unidos, concluíram que donos de gatos ou de cachorros têm personalidades diferentes. Eles também afirmam que os amantes de gatos são mais inteligentes do que os donos de cachorros.

Durante o estudo, os cientistas perceberam que aqueles que preferem cães são mais ativos, sociáveis, extrovertidos e tendem a seguir mais as regras.

Já os donos de gatos são introvertidos, compreensivos e mais sensíveis do que os que gostam de cachorros.

Segundo a psicóloga Denise Guastello, principal autora do estudo, essas diferenças de personalidade podem estar relacionadas ao tipo de ambiente que as pessoas preferem.

Um dono de cachorro, por exemplo, tende a gostar de sair, ver outras pessoas e levar seu animal de estimação para passear. Já os donos de gatos podem preferir ficar em casa.

Para chegar nessa conclusão, a equipe entrevistou 600 estudantes universitários. Os cientistas perguntaram se eles se identificam como amantes do cão ou amantes do gato.

Depois, questionaram quais são as qualidades de seus animais de estimação que eles mais gostam. Os voluntários também responderam perguntas para avaliar a sua própria personalidade.

Cerca de 60% das pessoas se declararam apaixonadas por cães. Os donos de gatos somaram 11%. O restante disse não ter preferência ou não gostar.

Os donos de cães falaram que o companheirismo é o que mais agrada em seus bichos de estimação. Já os apaixonados por gatos disseram preferir a afetividade de seus animais.

Segundo a pesquisadora, é possível que as pessoas escolham um animal de estimação de acordo com sua própria personalidade, disse Guastello.

Mas há um problema. Os voluntários eram estudantes universitários. Por isso, os pesquisadores ainda não sabem se os resultados se aplicam a outros grupos etários.





Fonte: www.jornalfloripa.com.br

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Conheça o gato com um cromossomo adicional


Maya foi encontrada atrás de um restaurante chinês nos Estados Unidos e levada para um abrigo de animais que têm como norma sacrificar os cães e gatos que não encontram donos rapidamente. Por conta de sua aparência diferente, com nariz achatado e olhos vesgos, ela logo foi colocada no corredor da morte. Os funcionários do abrigo não acreditavam que alguém se interessaria por ela.

Foi aí que o santuário de gatos Odd Cat Sanctuary, no estado de Oregon, ficou sabendo de Maya e a levou para viver lá. O santuário é especializado em resgatar gatos com doenças como FIV, diabetes, hipertireoidismo ou problemas nos rins. Há também gatos que não gostam de humanos e idosos. “No Odd Cat eles podem viver suas vidas em paz, sem nenhuma pressão para serem os gatinhos perfeitos para adoção ou serem sacrificados”, diz a descrição da organização.

Depois de postar uma foto da gatinha no Facebook, sua família para sempre se apaixonou por ela e a adotou. Ela tem as características físicas especiais porque tem um cromossomo a mais. “A Maya normalmente parece triste ou confusa (prometemos que ela não está)”, conta sua dona, Lauren.

Maya tem problemas de visão e espirra muito por conta do nariz achatado. Tirando isso, é um gato normal, com curiosidade, energia e instintos predadores. Ela está muito feliz em sua nova casa e está se tornando uma embaixadora para animais de estimação especiais. [Bored Panda, Odd Cat]

Confira mais fotos da adorável Maya: 










 







Fonte: https://hypescience.com    Por: Juliana Blume

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Por que gatos têm pupilas verticais?

Meu gato Mion de modelo para a postagem

Um estudo realizado por professores da Universidade Berkeley, nos Estados Unidos, descobriu qual é a diferença entre as pupilas em formatos circulares (dos humanos) e as que possuem formato de fenda (dos gatos), e os hábitos noturnos dos felinos tem tudo a ver com a resposta.

As pupilas dos olhos humanos possuem um mecanismo relativamente simples: se o ambiente for muito iluminado, elas contraem para que passe menos luz. Se o ambiente for escuro, elas aumentam para deixar mais luz entrar. A ação é um reflexo - não pode ser controlada. A mesma coisa acontece com os gatos, só que de maneira um pouco diferente.

A pesquisa feita mostra que as pupilas em formato de fenda sofrem alterações de 135 a 300 vezes na área quando estão contraídas ou dilatadas, enquanto as circulares só alteram a área em 15 vezes.

Como a maioria dos humanos possui hábitos diurnos, as pupilas não precisam se adaptar a variadas condições de luz. Já os gatos, que são mais ativos durante a noite, tecnicamente necessitam de uma pupila que faça com que eles enxerguem com qualquer 'luzinha'.

Também presente em cobras e crocodilos, as pupilas verticais ainda apresentam outro benefício: a percepção de profundidade e o foco são mais apurados, coisa que os ajuda como predadores.

Já nos cavalos e veados, que possuem a mesma característica, a explicação é a de que eles possuem um campo de visão muito maior que a dos demais animais, mesmo quando estão com a cabeça baixa, comendo (característica que os classifica como presa, em relação aos demais). "Eles têm que detectar predadores se aproximando, que geralmente vêm do chão. Por isso, precisam enxergar panoramicamente mesmo de baixo, com o mínimo de pontos cegos", explica o pesquisador Martin Banks para o site "EurekAlert".

Já para o biólogo Ronald Kröger, há varias exceções para essas regras. "Devem existir muitos outros fatores que influenciam o tamanho da pupila, além de ser predador ou presa, pequeno ou grande", disse em entrevista ao "The New York Times".






segunda-feira, 4 de setembro de 2017

OS GATOS NOS CURAM


A maioria das pessoas acham que os gatos não fazem nada, são preguiçosos e tudo que fazem é comer e dormir. Não é bem assim!

Você sabia que os gatos têm uma missão na nossa vida?
Você já parou para pensar porque tantas pessoas hoje em dia têm gatos? Mais do que o número de pessoas que tem cães?

Aqui está uma série de informações sobre a vida secreta dos gatos. Todos os gatos têm o poder de, diariamente, remover energia negativa acumulada no nosso corpo.

Enquanto nós dormimos, eles absorvem essa energia. Se há mais do que uma pessoa na família, e apenas um gato, ele pode acumular uma quantidade excessiva de negatividade ao absorver energia de tantas pessoas.

Quando eles dormem, o corpo do gato libera a negatividade que ele removeu de nós. Se estivermos excessivamente estressados, eles podem não ter tempo suficiente para liberar tamanha quantidade de energia negativa, e consequentemente ela se acumula como gordura até que eles possam liberá-la. Portanto, eles se tornarão obesos e você achava que era a comida com que você os alimentava!
É bom ter mais do que um gato em casa para que a carga seja dividida entre eles. Eles também nos protegem durante a noite para que nenhum espírito indesejável entre em nossa casa ou quarto enquanto dormimos. Por isso eles gostam de dormir na nossa cama. Se eles verificarem que estamos bem, eles não dormirão conosco. Se houver algo estranho acontecendo ao nosso redor, eles todos pularão na nossa cama e nos protegerão.

Se uma pessoa vier a nossa casa e os gatos sentirem que essas pessoas estão ali para nos prejudicar ou que essas pessoas são do mal, os gatos nos circundarão para nos proteger. Quando meus gatos começaram a fazer isso comigo, eu não entendia porque eles ficavam em cima de mim ou aos meus pés. Eu soube depois que eles estavam me protegendo.

Então, meus ouvidos e meus olhos buscam imediatamente ver a reação dos meus gatos para ver o que eles farão quando alguém entra em minha casa. Se eles correm para a pessoa, cheiram-na e querem ser acariciadas por essa pessoa, eu sei que posso relaxar.





Fonte: www.portrasdamidiamundial.com    Por Adrien marinho II

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Tire o sininho do seu gato já - Saiba porque!!!


O guizo vai contra toda a natureza do felino, eles podem até não demonstrar mas isso os deixa estressados e frustrados, a questão é que para as pessoas pode até ser bonitinho o barulhinho, mas para os gatos atrapalha muito porque eles tem o instinto de caçar (mesmo que você não goste eles tem), e como caçadores ele não podem deixar a presa saber onde ele está, e isso também conta para os predadores dele, que também não podem saber onde o gato está, e o guizo entrega o gato (por mais que ele esteja dentro de casa e fora de perigo).

Fora que aquele barulho o tempo todo perto da orelha deve irritar muito ( o problema é que eles não podem falar o quanto incomoda).




Mas então porque todas as coleiras dos gatos tem guizos??

A ideia do guizo é tão antiga que existe em uma fábula de Esopo que se chama "A assembleia dos ratos" - Era uma vez uma colônia dos ratos que vivia com medo de um gato, então eles resolveram fazer uma assembleia para encontrar um jeito de acabar com esse transtorno, até que um jovem rato teve a ideia de pendurar uma sineta no pescoço do gato, assim, sempre que ele estivesse por perto os ratos saberiam e poderiam fugir, portanto a utilidade do guizo é evitar que animais inocentes morram.

Só que foi feita um pesquisa na instituição Britsh Trust for Ornithologist (BTO), e mostrou que com o tempo os gatos aprendem a caçar sem fazer soar o guizo, mas a (BTO) tem uma solução melhor para manter animais inocentes (pássaros por exemplo) vivos e ao mesmo tempo deixar os gatos menos irritados, coleiras chamativas (sem guizo) de cores brilhantes tipo: laranja forte, rosa neon, que se destacam na paisagem e alertam os pássaros do perigo sem deixar o bichano nervoso.

Por isso é melhor comprar uma coleira sem guizo ou tirar o guizo da que ele já tem, dessa forma seu gato vai viver bem mais calmo.





Fonte: www.jornaldopet.com

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Dono de gato é mais inteligente do que o de cão, diz estudo


Cão e gato: é possível que pessoas escolham pet segundo sua própria personalidade, diz pesquisadora

São Paulo - Cientistas da Universidade de Carroll, nos Estados Unidos, concluíram que donos de gatos ou de cachorros têm personalidades diferentes. Eles também afirmam que os amantes de gatos são mais inteligentes do que os donos de cachorros.

Durante o estudo, os cientistas perceberam que aqueles que preferem cães são mais ativos, sociáveis, extrovertidos e tendem a seguir mais as regras.

Já os donos de gatos são introvertidos, compreensivos e mais sensíveis do que os que gostam de cachorros.

Segundo a psicóloga Denise Guastello, principal autora do estudo, essas diferenças de personalidade podem estar relacionadas ao tipo de ambiente que as pessoas preferem.

Um dono de cachorro, por exemplo, tende a gostar de sair, ver outras pessoas e levar seu animal de estimação para passear. Já os donos de gatos podem preferir ficar em casa.

Para chegar nessa conclusão, a equipe entrevistou 600 estudantes universitários. Os cientistas perguntaram se eles se identificam como amantes do cão ou amantes do gato.

Depois, questionaram quais são as qualidades de seus animais de estimação que eles mais gostam. Os voluntários também responderam perguntas para avaliar a sua própria personalidade.

Cerca de 60% das pessoas se declararam apaixonadas por cães. Os donos de gatos somaram 11%. O restante disse não ter preferência ou não gostar.

Os donos de cães falaram que o companheirismo é o que mais agrada em seus bichos de estimação. Já os apaixonados por gatos disseram preferir a afetividade de seus animais.

Segundo a pesquisadora, é possível que as pessoas escolham um animal de estimação de acordo com sua própria personalidade, disse Guastello.

Mas há um problema. Os voluntários eram estudantes universitários. Por isso, os pesquisadores ainda não sabem se os resultados se aplicam a outros grupos etários.





Fonte: www.jornalfloripa.com.br
imagem: obviousmag.org

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Porque seu gato te lambe?


Gatos lambem para construir laços!!!

Desde pequenos os gatos são acostumados com lambidas, já que ainda filhotes dão lambidos pela mãe, sendo assim, eles começam a explorar o mundo através da sua língua e a higiene das lambidas é interpretada por eles como um sinal de carinho e proteção.

Ao lamber o tutor, o gato envia sinais de que está aceitando a relação e que o tutor pode interagir socialmente com ele, assim como ele também faz com outros animais.

As vezes o gosto do tutor é muito bom:

Gatos gostam de comidas salgadas e são atraídos pelo suor do tutor, além do suor, loções hidratantes e sabonetes também atraem lambidas, isso pode explicar por que vários gatos lambem seus tutores logo após o banho, eles adoram cheiro bom.

Em alguns casos eles também lambem para dizer "você é meu", marcar território com xixi não é o único jeito de o gato mostrar o que pertence a ele, muitos fazem isso com lambidas, já que a saliva dos gatos possui partículas de odor.

Em vários casos esse tipo de comportamento é aprendido com a mãe, que lambe os filhotes toda vez que ela os vê, para deixar o cheiro dela neles.

É possível que esse comportamento se torne compulsivo, principalmente em casos que o gato se recusa a parar e não se distrai com as coisas, nos casos em que o gato adquire o comportamento de lamber os seus tutores excessivamente, ele pode estar sinalizando alguma mudança em sua saúde. Por esse motivo é importante encaminhá-lo a um veterinário.

Quando o gato te lambe e pede carinho, ele está dizendo "eu te amo".

Na maioria das vezes o gato lambe seus tutores para demonstrar o quão portegido e confortável ele se sente com sua presença, nesse caso, ele conecta o banho de língua no tutor com os banhos de proteção que ganhava de sua mãe quando filhote, já que manter a higiene por lambidas é a maior demonstração de carinho dos felinos.

Pode ser estresse:

Em casos extremos de ansiedade, os gatos lambem seus tutores para confortar-se do estresse que sentem, ele também podem lamber com frequência alguns objetos, nesse casos eles não o fazem para mostrar afeto e sim para se acalmarem.

Como fazer o gato parar de lamber?

Procure chamar a atenção do gato para algum brinquedo quando ele for te lamber, brinquedos com catnip costumam ajudar, quando ele brincar ofereça petiscos ou carinho a ele. Porém, quando ele te lamber, simplesmente o ignore, logo ele buscará outras formas de te pedir e demonstrar carinho.

Treinar um gato não é tarefa fácil, mas com paciência, é possível. Nunca bata em um animal ou empurre-o quando ele te lamber, além de não ajudar ainda pode estressá-lo, e seria muito ruim recusar um carinho com pancadas.














Fonte: www.jornaldopet.com
Imagem: www.blogcariri.com.br

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Spock e Gatos


É logicante impossível não amar gatos

Vida Longa e Próspera

Para todos os gatos do universo




segunda-feira, 31 de julho de 2017

Conheça Quenda, a gatinha com longas patas que viralizou na internet


Gatos definitivamente são um dos maiores sucessos na internet e uma simpática gatinha acaba de se tornar a última sensação felina online. Quenda viralizou após um abrigo de animais na Austrália oferecê-la para adoção e suas longas patas deixaram os internautas enlouquecidos.

A página conta que Quenda foi encontrada no início do ano e mesmo com a pouca idade, cerca de dois anos, ela já estava esperando filhotes. Como não havia nenhuma identificação, como coleita ou chip, o Cat Haven WA a resgatou e tentou encontrar um novo lar para a gatinha.

Mas foi no Reddit que Quenda ficou ainda mais famosa, quando um dos usuários compartilhou sua foto chamando a atenção para suas patas. Logo surgiram diversos comentários divertidos. “A Gata, por Salvador Dalí”, dizia um deles. Após tantos compartilhamentos, Quenda finalmente encontrou uma casa para viver e agora já pode desfilar como uma supermodelo com a família que a adotou.





Reprodução/Facebook Cat Haven WA

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Nossa reação para as INoperadoras que querem cortar nosso barato que já é muito caro


#INTERNETLIVRE

Coisas eu vou cancelar essa merda de NET assim que me derem um block ou melhor coloco um aparelho e libero todos os canais em HD e não vou pagar








segunda-feira, 11 de abril de 2016

Gato abandonado espera por donos no mesmo lugar há um ano

Gato abandonado na Rússia (foto Ostap Zadunayskiy) 

Um gato permanece há um ano no local onde foi abandonado pelos donos, concretamente sobre uma tampa de esgoto na cidade de Belgorod, no sudoeste da Rússia.

Fotografado pela primeira vez em 2015, despertou agora o interesse das redes sociais, depois de o utilizador Ostap Zadunayskiy ter divulgado o caso.

O felino nem sempre ali está, mas todos os dias regressa àquele local.

Ostap Zadunayskiy levou o interesse pelo caso mais longe e disse ter descoberto que os donos do gato viviam perto, mas que venderam o apartamento. Segundo o próprio, locais contaram-lhe que viram o gato a correr atrás do carro dos donos, mas que estes não hesitaram nem por um segundo.


“Este é um grande exemplo da maldade humana e da lealdade dos animais”, disse Ostap Zadunayskiy, citado pelo Daily Mail.

Nem todos acreditam, porém, que ele aguarda a chegada dos donos, pois, para muitos, ele deixou-se ali ficar porque lhe dão comida.





domingo, 24 de maio de 2015

Gato australiano de 9 quilos é considerado o maior do mundo






Com três vezes o tamanho de um gato normal, muitos devem achar que Rupert já cresceu tudo o que podia.

Mas o felino gigante, que pesa 9 quilos e pode ser considerado o maior do mundo, ainda com três anos, na metade de sua fase de crescimento e deve ganhar mais uns 5 quilos.

Eleito por três vezes o gato do ano na Austrália, onde vive, Rupert é considerado o maior gato da raça maine coon já visto pelos juízes das competições.

– Ele é majestoso, com seu pelo grande e seu magnífico olhar selvagem – derrete-se a dona de Rupert, Kyra Foster





sábado, 21 de março de 2015

Gato hermafrodita espera por cirurgia de mudança de sexo para se tornar um macho



Gato Mittens, um felino hermafrodita, espera por cirurgia de mudança de sexo para conseguir se tornar um macho e vencer problemas intestinais e urinários.

Mittens, um gato de rua que nasceu com genitália masculina e feminina, vai se submeter à cirurgia de mudança de sexo depois de ter sido acolhido por uma família carinhosa.

A família Murphy descobriu a dupla-sexualidade de seu animal de estimação recém-encontrado após leva-lo a um veterinário local para um exame.

A cirurgia é necessária para o gato, porque a genitália dupla está causando problemas intestinais e urinários.

Colleen Clarke-Murphy, o novo proprietário do gato, esperava que Mittens se tornasse uma fêmea, mas os veterinários aconselharam-no a atribuir o sexo masculino para o gato.

Clarke-Murphy, de Newfoundland, no Canadá, disse: “Eu gostaria que fosse uma fêmea, mas isso realmente não importa. Ela se tornou parte da minha família quando chegou em casa com a minha filha.”

O gato vai ser esterilizado e castrado antes da cirurgia reconstrutiva ser realizada.

Os 3.100 reais necessários para a cirurgia serão dados por um amigo da família, que está leiloando itens antigos no Facebook para levantar o valor.





sexta-feira, 20 de março de 2015

Gato de catedral é suspeito de atacar cães na Inglaterra

O gato chamado Louis, de 17 anos, é suspeito de atacar cães em Wells, Somerset, na Inglaterra. O felino, que é famoso por viver na Catedral local, foi acusado de uma série de ataques contra cachorros.

Dona de um dos cães que teriam sido atacados pelo felino, Mandie Stone-Outten disse que sua cadela Millie foi atacada perto da catedral. "Este gato atacou como um leão selvagem a cabeça da minha cadela Millie", afirmou ela. 

Louis, de 17 anos, é suspeito de atacar cães em Wells (Foto: Wells Cathedral) 

Segundo Mandie, tudo aconteceu muito rapidamente. "Essa bola de pelos não é tão bonitinho e fofinho como parece", destacou ela, acrescentando que recebeu relatos de outras pessoas que tiveram seus cães atacados por Louis.

sexta-feira, 6 de março de 2015

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Gato de 29 anos pode ser o mais velho do planeta



Missan vive com a dona, Åsa Wickberg, em uma fazenda de Karlskoga (Suécia). Em 1985 o bichano foi encontrado abandonado por ela. Perto de completar 30 anos, Missan pode ser reconhecido pelo Guinness como o mais velho do mundo.

Atualmente, o livro dos recordes registra que o título de mais velho pertence a Poppy, um gato britânico de 24 anos. O felino morreu em junho do ano passado.

"Li uma reportagem sobre o gato que seria o mais velho do mundo e pensei comigo mesma: O meu é mais velho!", contou a sueca às agência de notícias TT.

Em "anos humanos", Missan teria cerca de 133 anos.





Fonte: 

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Dialogo entre eu e minha gata

Minha gatinha linda preciso de uma namorada, é chato viver sozinho!!!!!!!!!!


- humano idiota eu já te tenho, e isso já basta você deveria estar feliz, alias odeio roedores, gatas, galinhas, piranhas entendeu????

Já tirou essa ideia da cabeça??? namorada pra que??? vou dormir idiota





terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Dona do Grumpy Cat ganha 64 milhões de libras

Foto: East News/Media Punch  Foto de arquivo. Grumpy Cat


A residente dos Estados Unidos, Tabatha Bundesen, de 28 anos de idade, ganhou 64 milhões de libras (cerca de 100 milhões de dólares), publicando as imagem da sua gata, famosa na Internet sob o nome de Grumpy Cat (gato zangado, em português), relata o jornal Daily Express.

O Grumpy Cat, que se tornou conhecido pela sua expressão zangada, foi filmado várias vezes em vídeos de publicidade, foram lançados diversos artigos com a imagem do animal de estimação. Além disso, o gato zangado desempenhou papel principal no seu próprio filme "Grumpy Cat's Worst Christmas Ever" ("O Pior Natal de Grumpy Cat", na tradução literal).

"O que ela (Grumpy Cat – red.) alcançou em tão pouco tempo é simplesmente inimaginável e absolutamente louco. Consegui deixar o meu trabalho, eu trabalhava como garçonete, alguns dias após ela ter aparecido nas redes sociais, desde então, o meu telefone simplesmente não para de tocar", disse Bundesen que mora na cidade norte-americana de Morristown, Arizona.